MATINAL

Os dias passavam, lentos e arrastados, noutras vezes velozes, quase imperceptíveis, assim como agora ela faz ao passar por ele, tirando-o de um estado letárgico. Vinha correndo pela areia distraído, quando cabelos esvoaçaram e tocaram rapidamente sua face… Veio um cheiro doce junto a uma pressa malemolente, uma curva dourada, um monte rosa saltava-lhe entre as pernas, as pontas do … Continue lendo

ACORDANDO

Cortinas entreabertas, bagunça na cama, pernas entrelaçadas, sua mão pesada descendo pelo baixo ventre me arrepia. Sua boca num caminho inverso, sobe entre os seios, pausa sobre os mamilos que instantâneos tornam-se durinhos e salientes. Minha boca ri e geme, o peito arfa enquanto a sua, ávida, segue pelo pescoço, alvo de mordidas que me … Continue lendo

À BEIRA DA PISCINA

Voulez-vous coucher avec moi ce soir? Era o que seus olhos pareciam dizer quando a encarou em meio à imensidão do deck vazio. A lua quase sumia por trás das folhas dançantes, e ela na escuridão da noite. Festa acabando, outra começando. Bastou um roçar de lábios… as mãos subiram pelo pescoço e agarraram os … Continue lendo

EMERGÊNCIA

Era daqueles calado demais, sério demais, tímido demais, formal demais… foi preciso então um colarzinho de pérolas.

OUT OF ORDER

Amados leitores, desculpem… O erotismo desta mulher urbana está em revisão. Problemas operacionais deixarão este blog inativo por algum tempo. Volto em breve! Um “xêro” em cada um que aqui passar. imagem: DAQUI

IRRESISTÍVEL

Era como andar às cegas num pântano, ou quem sabe, equilibrar-se precariamente numa corda bamba. Incrível como reencontrá-la, encarar aqueles olhos oblíquos, inescrutáveis, admirar aquele sorriso velado, falsamente ingênuo, lhe causava uma desconfortável inquietude. Um frio percorreu sua espinha e ele sentiu medo, ao mesmo tempo, uma insana e diabólica atração o impedia de recuar, … Continue lendo

EFÊMERA

“Eu sou uma borboleta Pequenina e feiticieira Ando no meio das flores Procurando quem me queira.”

INFINITO DELÍRIO

  quando estamos em gôzo deveria ter o tempo um formato diverso poderia ser mágico auto multiplicar-se estender-se infinitamente adiantar e retroceder acelerar pausar e repetir parecer com teus dedos deveria quando percorrem meu corpo ao subir e descer úmidos mornos e inquietos quase perdidos ao me encontrar parecer com tua pele com teus fluidos … Continue lendo

VÉU DE NOIVA – um post à moda antiga

véu e pele trama quente angelical revela caminhos  esconde segredos insinua provoca quer dar mas só se casar   (imagem: C. Bastos)

CONVITE

– Dança comigo? – [silêncio e jeito indeciso] – Ahn? …Não sabe dançar?  Ah tá… então senta, olha e fica quietinho, a partir de agora não pode mais levantar, ok?!  [fala enquanto vai dançando e tirando a roupa] –  !!!!!!! (vídeo surrupiado DAQUI)

FLASH

Mergulho de retinas, martírio doce… um desejo e o mundo pára. Toque eletrizante, choque de bocas; saliva e língua, dedo e pele, braço e cintura, mão e cabelo, barba e pescoço, seio e boca… lenta exploração, quase tortura. Tesão. Corpos se aconchegam, estreitam-se, pernas se enroscam, mistura explosiva de mãos, pés, pêlos, olhos, línguas, pélvis… Pressão, … Continue lendo

ASSIM…

Nós dois assim? É… porque não? Eu sei… sim, tem chovido muito por aqui, a água anda gelada e cinzenta. Mas sobra calor quando nos encontramos, o simples vislumbrar do teu olho parado no meu incendeia e alaga tudo ao mesmo tempo. Quero me perder em você, ser resgatada por seus braços fortes, ser invadida feito território … Continue lendo

UMAS VONTADES

… É que deu novamente aquela vontade de JOGAR SINUCA (foto: Hataiia Hata)

  • DENUNCIE


  • SEXO E RESPEITO



  • COMPRAS