QUASE MORTO

A tarde tinha sido prazerosa, fuga da rotina, enquanto todos trabalhavam, escaparam algumas horas prum motelzinho urbano, tesão urgente que não podia ser adiado. Tempo quente, intenso, insano, farto das mais doces safadezas. Depois de tudo, ainda exaustos, conversam preparando-se para voltar, quando ela resolve brincar passando a mão, ali, sobre a calça. Ele, fatigado e … Continue lendo

  • DENUNCIE


  • SEXO E RESPEITO



  • COMPRAS