EMERGÊNCIA

Era daqueles calado demais, sério demais, tímido demais, formal demais… foi preciso então um colarzinho de pérolas.

SOZINHA MINHA

Você na cabeça, febre nas mãos. ( foto colhida DAQUI )

LOBINHA MÁ

Vou te comer! (foto: colhida DAQUI)

ASSIM…

Nós dois assim? É… porque não? Eu sei… sim, tem chovido muito por aqui, a água anda gelada e cinzenta. Mas sobra calor quando nos encontramos, o simples vislumbrar do teu olho parado no meu incendeia e alaga tudo ao mesmo tempo. Quero me perder em você, ser resgatada por seus braços fortes, ser invadida feito território … Continue lendo

DELEITE

Apressados, sempre chegávamos tomados pelo mais louco tesão, roupas arrancadas com fúria, desejo cego, uma saudade sem limites que imprimia seu próprio ritmo a tudo. Seu corpo contra o meu, contra a parede, a fome sendo saciada em meio a amassos estreitos. Sobre o sofá, a bagunça das almofadas misturada aos nossos corpos que enroscavam-se esquecidos de tudo. Gemidos, palavras roucas, … Continue lendo

O GOSTO DELE

Entre os lençóis, embaixo ou sobre eles, nalgumas manhãs a falta dele fazia-se mais intensa. Lembranças… acordar ao toque provocante daquelas mãos fortes e audazes. Um arrepio percorreu-lhe o corpo desde o pescoço chegando às suas coxas que já esfregavam-se contra a outra. Sua mão deslizou devagar pelo baixo ventre e adentrou por entre elas que se apertavam imprimindo … Continue lendo

  • DENUNCIE


  • SEXO E RESPEITO



  • COMPRAS