CADERNETA

  Lia era economista, coordenadora do setor financeiro da nossa empresa, uma mulher madura, charmosa e muito discreta. Lembro de quando a vi pela primeira vez. Era meu segundo dia de trabalho e ela surgiu inesperadamente na minha sala procurando alguém. Desde aquele dia, Dra. Lia – eu deveria tratá-la assim, era seu estagiário – … Continue lendo

DESEJOS PASCOAIS – um conto santo

Brigite, trinta e muitos anos, poucas inseguranças, muitos objetivos. É uma mulher moderna, arrojada, de personalidade forte. Era domingo de Páscoa e a tarde arrastava-se pesadamente. Diante do espelho, toalha caída sobre o chão do banheiro, pele levemente úmida, gotas escorrendo dos cabelos descendo suavemente até a curva dos seios, ainda arrepiados pela ducha fria. … Continue lendo

DENTRO DO LIVRO

  Dizem que a lua, quando cheia, influencia demasiado nosso estado de espírito. Hoje ela encontrava-se daquele jeito mágico: amarela, perfeitamente redonda, enorme, provocadora, brilhando sobre o mar. Chuviscava, eu voltava do teatro, e ela já havia lançado seu feitiço sobre mim. Mais uma noite de reclusão, pensava eu até então… Ao chegar em casa, … Continue lendo

SEDUÇÃO

  Quando conheci Peter, ainda era casada e ele tinha um namoro que era praticamente um casamento. Ambos estávamos em crise nos relacionamentos e acabamos nos aproximando por isto. Passado um tempo eu me separei, ele terminou o namoro e nós começamos a sair, a príncipio para trocarmos confidências sobre o fracasso das nossas relações; … Continue lendo

A FESTA

Levantou-se bruscamente, cansada de fitar a luminosidade tênue daquele abajour, pensando em coisas que temporariamente deveria esquecer. Ligar e desligar. Imaginava se tudo agora não poderia adquirir esta simplicidade básica. Sophia abriu o armário e escolheu aquele vestido proibido num ato de pura rebeldia. Coisas de casamento; posse, regras, ciúmes, rotinas, pactos absurdos, proibições. Havia … Continue lendo

FERVILHANDO

Final de tarde, Lisa está a caminho de casa, o sol quase se põe no horizonte, uma bola vermelha ardendo adiante, e nas ruas além do calor fervilhante, um engarrafamento estupendo. Cansada liga o rádio, aquele jazz doce na voz de Billie a faz “viajar”, instantaneamente ela encontra-se a milhas e milhas dali …  Você … Continue lendo

  • DENUNCIE


  • SEXO E RESPEITO



  • COMPRAS